Um dos rituais para abrir a Boca do Inferno

22.05.10

Lista de Compras: sangue de um homem, ritualisticamente drenado - veja no "modo de usar" - ossos de uma criança e um talismã, conhecido como "A Palavra de Valius" e três demônios Vahrall (esse ritual só funciona se você for um demônio Vahrall)

Modo de Usar: Escolha sua vítima, entalhe a forma sagrada de um olho em seu peito e drene seu sangue. Reserve. Recolha os ossos de uma criança no cemitério. Recupere a "Palavra de Valius". Vá até o portal (localiza-se na antiga biblioteca do colégio secundário de Sunnydale), jogue o talismã, os ossos e o sangue, enquanto conjura os antigos demônios. Atire-se no buraco, juntamente com os outros demônios. 

Resultado: A Boca do Inferno se abrirá e os demônios reinarão na Terra novamente.

publicado por adm às 13:57

Rituais

23.03.10

A palavra Ritual vem do latim Ritualis, e pode ser compreendido como sinônimo de Cerimônia. Também significa o conjunto de determinadas práticas que devem ser precisamente seguidas em ocasiões específicas. Numa conotação Ocultista, o Ritual é associado à práticas e cerimônias religiosas ou místicas, que podem ser realizadas de forma individual ou coletiva. Neste caso, o Ritual possui duas classificações principais: o Ritual Cerimonial e o Ritual Psíquico.

No Ritual Cerimonial, são necessários vestimentas, instrumentos e materiais específicos. Geralmente são coordenados por uma pessoa (no caso de ser praticado de forma coletiva) ou apenas segue a orientação de um determinado livro (neste caso, praticado individualmente). Este tipo de Ritual é comum nas religiões pagãs e de origem africana, e visa operar mudanças no campo físico.

A segunda modalidade ritualística é conhecida como Ritual Psíquico, na qual desenvolve-se principalmente através da psique e do intelecto do praticante. É uma forma de Magia Natural; é uma projeção mental (visualização) enviada ao Universo com o objetivo de efetuar mudanças no campo físico. Esse tipo de ritual é, geralmente, praticado individualmente por aqueles que iniciam os estudos ocultistas sem fazerem parte de um grupo (seita, coven, etc).

De qualquer forma, os rituais são poderosas e importantes ferramentas que devem ser utilizadas com responsabilidade e consciência. Os Rituais acionam e interferem em energias naturais; criam, alteram ou desencadeiam forças no campo físico, espiritual e astral. Portanto, é aconselhável que o praticante tenha um conhecimento prévio do que irá executar. Apesar das técnicas parecerem muito simples, são eficientes. Mas para que a magia funcione, alguns fatores devem ser observados:

Simbolismo

O subconsciente opera através de símbolos, por isso é importante gravá-los nas velas, em talismãs e objetos mágicos.



Visualização

Ao realizar um feitiço deve-se mentalizar a concretização dos desejos.



Concentração

É o ato de reter um pensamento, imagem ou figura na mente de forma ininterrupta.



O Poder da Palavra

Tudo deve ser verbalizado para que possa surtir efeito.



Mão do Poder

Usa-se principalmente a mão com a qual se escreve, pois é através dela que os poderes são liberados.



Círculo Mágico

Os rituais realizados no interior do Círculo Mágico terão as energias intensificadas. Ao finalizá-lo, deve-se fechar o Círculo.


Fonte: spectrumgothic

tags:
publicado por adm às 20:49

pesquisar

 

arquivos

2012
2011
    2010

    links

    subscrever feeds