Lista de Compras: Uma adaga afiada, a estátua do deus Janus, muitas velas rodeando a estátua.


Modo de Usar: Um dia antes, faça um leve corte na palma de sua mão e recite defronte à estátua: " Ssssss... O mundo que te renegas, tu habitas. A paz que te ignora, tu a corrompe. - passe o dedo no sangue da sua palma e depois o passe em suas pálpebras e depois uma cruz em sua testa - Caos, eu continuo, como sempre, fiel a ti, degenerado, filho". No dia seguinte, defronte à estatua, continue a invocação: Janus, evoco vestram animam. Exaudi meam causam. Carpe noctem pro consilio vestro. Veni, appare et nobis monstra quod est infinita potestas. Persona se corpum et sanguim commutandum est. Vestra sancta praesentia concrescet viscera. Janus! Summe noctem! (Janus, invoco o seu espírito, ouça minha prece. Use a noite para seu próprio propósito. Venha, apareça e mostre todo o seu poder.A máscara se transforma em carne e sangue. Sua sagrada presença coagula o coração. Janus, tome a noite.)


Resultado: Todos aqueles que compraram suas fantasias de Halloween na loja daquele que conjurou o feitiço, transmutam-se em suas fantasias. Já que no Brasil não existe a tradição do Halloween, pode-se usá-lo no carnaval.
Antídoto: Quebre a estátua do deus. Isso fará com que os atingidos voltem a agir normalmente de acordo com suas personalidades.

publicado por adm às 14:14