Existem algumas energias que atuam em nossos rituais:

É a Energia dos elementos da Natureza, como Ervas, Cristais, Componentes animais e também o uso das linhas de força do Planeta, conhecidas como Força Telúrica.

É aquela em que a Bruxa pede ajuda a seres ligados aos Quatro Elementos (Água, Fogo, Terra e Ar), isto é, trabalha com os Gnomos, Fadas, Salamandras, Silfos, Dragões e outros seres do mundo Astral.

Como o próprio nome diz, é o trabalho com as Energias dos Planetas. As Bruxas, de um modo especial, trabalham com a chamada Energia Lunar, pois a Lua é um refletor não só da Energia Solar como da Energia de todos os Planetas do nosso sistema.

É quando a Bruxa trabalha diretamente com os Deuses, evocando seu poder para o trabalho mágico.

É aquela gerada interiormente, ou seja, da própria fonte de energia interna da Bruxa. Essa energia é chamada Kundalini no Oriente, e nada mais é do que a energia sexual do ser humano, que, na verdade, é a nossa maior fonte de Poder Pessoal.

Quando a Bruxa ergue o Cone do Poder, ela está gerando seu próprio poder pessoal, através da energia sexual, ou está drenando energia de alguma das fontes citadas acima. O mais comum é utilizarmos várias dessas fontes durante um feitiço.

Quando trabalhar com os Deuses, procure não misturar panteões. Na dúvida, use os termos Deusa e Deus. Nunca trabalhe após as refeições e, no dia dos feitiços, procure não comer carne ou ingerir bebidas alcoólicas. Evite qualquer tipo de droga ou calmante, e tome somente os remédios estritamente necessários. Todas essas providências servem para que você não esteja alterado de qualquer forma no decorrer do ritual.

Da mesma forma, nunca faça um feitiço quando estiver doente ou esgotada fisicamente, a não ser numa emergência. Um ritual pode consumir muito mais energia do que uma partida de futebol. Cuide seu corpo físico também, tão importante quanto o espiritual.

As ervas devem ser queimadas dentro do caldeirão. O fogo deverá ser o foco da sua concentração. Gire em torno dele para criar o Cone de Poder. O sucesso de um feitiço depende muito mais da sua concentração que dos materiais utilizados. A força da emoção e da vontade é essencial para que se consiga bons resultados. Você pode criar uma espécie de mantra, que será repetido enquanto você gira ao redor do caldeirão. Esse mantra pode ser uma palavra que tenha a ver com o feitiço, uma canção ou rima criada de acordo com o seu desejo. É comum as Bruxas fazerem versos que são recitados durante o feitiço.

Para se fazer um Feitiço é importante que se tenha quatro itens:

- Desejo
- Concentração
- Visualização
- Expectativa

É preciso ter um forte desejo, pois um feitiço depende muito da carga emocional que você conseguir projetar nele. Você precisa saber exatamente o que você quer e permanecer firme a essa idéia. Também é necessária uma boa dose de concentração para que não se desvie do seu objetivo e possa manter uma imagem fixa do seu desejo durante o ritual.

Para que um desejo atinja os níveis mais profundos de nossa mente é necessário que ele seja expresso em imagens, pois o inconsciente trabalha através de símbolos. É importante que você consiga fazer uma visualização do seu desejo realizado, num quadro o mais perfeito possível. No começo, pode parecer difícil, por isso disponibilizamos no site alguns exercícios para visualização.

O mais importante é acreditar realmente que seu feitiço vai funcionar. Muitas vezes essa é a parte mais difícil, mas com o passar do tempo vamos aprendendo a ver como o feitiço age. Tudo no Universo tem seu tempo certo e temos que ter paciência e esperar o momento favorável.

Muitos feitiços no começo não se realizam por esse motivo. É preciso que você pesquise novos materiais, estude plantas medicinais (especialmente as da sua região) e crie novos feitiços de acordo com a sua personalidade. A prática da bruxaria é um aprendizado constante, um eterno exercício de criatividade.

Sempre que encerrar um Feitiço, diga: "Que o meu desejo se realize, para o Bem de todos". Isso evitará resultados desagradáveis.

Por último, é preciso ter paciência e aprender com os próprios erros, pois no começo nem tudo corre exatamente como desejamos. Muitas vezes um feitiço falha porque você não o realizou no momento certo ou precisa um pouco mais de concentração.

Uma observação: muito cuidado com a energia de Saturno, pois ela é muito destrutiva e perigosa para que não tem muita vivência nas artes mágicas. Evite, no começo.

Um feitiço pode ser muito elaborado e levar muito tempo para ser preparado. No entanto, pode ser extremamente simples como uma meditação ou uma invocação. Pergunte a si mesmo o que é necessário para você no momento.

Seja bastante específico ao elaborar seu feitiço ou pedir algo. Tenha cuidado com o que você pede pois você pode conseguir. Então, pedir para "ganhar 1 milhão de reais" pode resultar em um acidente que te deixe paraplégica, mas te dê tal quantia em indenização. Ao terminar de escrever o feitiço não esqueça de colocar: "Que assim seja para o bem de todos".
publicado por adm às 15:57